Como se parece um Product Manager de sucesso?

Vishal Soni - 03/12/2020 Traduzido por Erika de Assis

Eu perguntei pra um time de produtos ( então você não precisa se dar ao trabalho) e aqui está o que eles tinham a dizer!

Recentemente tive oportunidade de falar com uma porção de times de produto e pessoas da indústria (vantagens de entrevistar ativamente!). E enquanto na maioria do tempo são os entrevistadores unidos contra mim com suas perguntas e eu respondendo, eu geralmente tenho a oportunidade de fazer algumas perguntas no final.

Uma pergunta que tenho feito constantemente a todos é - “O que significa sucesso para este papel ( de um Gerente de Produtos)?”. Verdade seja dita, eu não tinha exatamente um plano quando comecei a colocar essa pergunta em minhas conversas, mas conforme fui falando com mais pessoas, eu percebi que ela era uma mina de ouro!

Eu tive oportunidade de fazer esta pergunta para um Desenvolvedor, um Escritor Técnico, um Gerente de Sucesso do Cliente, um Dono de Produto, e um Diretor de Digital e Estratégia - e foi incrível conhecer os pontos de vista sobre como eles veem um gerente de produto de sucesso. Então, aqui está um resumo do que cada um desses membros da equipe de produto compartilhou e qual qualidade eles acreditam que faz um gerente de produto de sucesso -

1. O ponto de vista de um Desenvolvedor — “Transparência”

“Um bom gerente de produto garantirá que os desenvolvedores estejam trabalhando na direção certa e gastando tempo e esforço em tarefas que valem a pena. Proporcionando visibilidade de como meu trabalho está agregando valor e impactando a organização.”

Não compartilhar suficientemente a visão e a estratégia com todos os membros (em todos os níveis) da equipe de produto é um grande erro que muitos Gerentes de Produto cometem. E esse é um problema que existe em quase todas as empresas (até eu já passei por essa armadilha em minha carreira).

Para garantir que seu time se sente conectado a visão e estratégia do produto, eles precisam ver claramente o valor que estão entregando com seu trabalho. Isso não somente garante o alinhamento do time para a mesma direção, mas também motiva o time, dando a eles a sensação de empoderamento.

Embora existam várias maneiras de fazer isso, a maneira mais prática é garantir que cada história de usuário no backlog tenha um KPI de valor de negócios ou KPI de produto associado a ela. Dessa forma, quando o membro da equipe de desenvolvimento trabalha nessa história, ele sabe o valor que seu trabalho agrega ao produto e à organização como um todo.

2. O ponto de vista de um Gerente de Sucesso do Cliente — “Obsessão pelo Cliente”

“Sendo um GSC(gerente de sucesso do cliente), acredito que o gerente de produto que realmente dedica tempo para falar com os clientes, entender seus problemas e agir de acordo com seus comentários, terá sucesso.”

Aprofundando, o GSC compartilhou que “na maioria das vezes, os Gerentes de Produto falam com os usuários como parte de entrevistas ou pesquisas enquanto constroem uma nova funcionalidade. Mas eles tendem a não despender tempo conversando com seus clientes sobre funcionalidades existentes e obtendo feedback. ”

Embora seja um ponto de vista muito orientado para o GSC (já que eles geralmente são os destinatários quando os clientes existentes reclamam das funcionalidades), há muito peso neste ponto.

Depois do período de lua de mel inicial com o produto, Gerentes de Produto costumam começar a acreditar que eles sabem o que o cliente quer. Eles se tornam preguiçosos e reduzem as interações e sessões de pesquisa para economizar tempo.

Controlar o pulso dos usuários é uma grande conquista, mas você, como Gerente de Produto, deve considerá-lo garantido. Ter esse nível de foco e obsessão no cliente é o que o manterá o Gerente de Produto consistente e bem-sucedido.

3. O ponto de vista de um Escritor Técnico — “Experiência do Usuário”

“Bons Gerentes de Produto constroem produtos que tem fluxos simples, que são fáceis de usar e precisam de documentação mínima de instrução para o usuário. É tudo uma questão de foco na experiência do usuário”.

Este é o meu objetivo pessoal na vida - construir produtos que tenham pouca ou nenhuma curva de aprendizado.

4. O ponto de vista de um Dono de Produto — “ Um Advogado”

“Um gerente de produto deve ser especialista no domínio e um defensor do que o produto representa e do problema que está tentando resolver. A qualquer momento, a equipe deve ser capaz de entrar em contato com o gerente de produto. ”

Um gerente de produto é o guia, o evangelista, o especialista e o primeiro verdadeiro defensor do produto. Somente se você usar todos esses chapéus, poderá fazer produtos reconhecidos mundialmente.

5. O ponto de vista de um Diretor Digital — “CEO do Produto”

“Para ter sucesso como Gerente de Produto, a pessoa precisa liderar a equipe como CEO do produto. A pessoa garantiria uma ótima adoção do usuário, forneceria um serviço excepcional aos clientes por meio da plataforma e tornaria a equipe um centro de inovação.”

Eu sei que este é um ponto de vista muito discutível. Também estou ciente de que a indústria tem uma relação de amor e ódio com esta frase. A principal preocupação com esta frase é que ela apresenta um nível incorreto de autoridade - o que um PM não tem.

No entanto, aprendi com essa discussão que um gerente de produto bem-sucedido é aquele que assume a responsabilidade total do produto e percorre todo o caminho.

O que precisamos entender é - construir um bom produto raramente é o fim; isso é na verdade o início . O Gerente de Produto tem também que fazer os usuários se apaixonarem pelo produto (adoção), focar na opinião do cliente e atendimento, e seguir evoluindo continuamente.

Obrigado por ler ! E se você gostaria de falar sobre este assunto ou qualquer outro na área de produtos - sinta-se à vontade para me contactar (link abaixo).

Artigo original: http://bit.ly/38GMB9t