Criando Ótimos Objetivos de Sprint

Autor: Jeremy Jarrell

Data: 03/12/2018

Traduzido por: Raphael Jubram


Tecla SAP - Antes de começar essa tradução o Product Guru’s te explica alguns dos termos mais utilizados neste artigo:

  • Backlog: lista de características, funções, requisitos, melhorias e correções a serem feitas no produto.

  • Sprint: ciclos de tempo, de um mês ou menos, durante o qual os times ágeis desenvolvem o incremento do produto.

  • User Stories: ou histórias de usuário, são uma descrição concisa de uma necessidade do usuário, que embasa um requisito do produto.

  • Release: é a entrega das funcionalidades que o time construiu na sprint para o usuário, geralmente ocorre ao fim de cada sprint.

Pronto, agora vamos ao que interessa.


Vamos fazer um experimento. Abra o seu Backlog da Sprint e veja as User Stories que estão programadas para a Sprint atual. Você enxerga um tema que une cada uma das stories?


Geralmente, o conjunto de stories que os times selecionam para a Sprint não possuem um tema central ou foco. Na verdade, apesar de cada story poder ser individualmente valiosa, algumas vezes a seleção delas pode parecer quase aleatória.


Mas, times ágeis de alta performance começam cada sessão de planejamento de Sprint definindo um objetivo central que eles gostariam de atingir no final daquela Sprint. Esse planejamento compartilhado ajuda o time a selecionar um conjunto coeso de stories que os ajudará atingir esse objetivo. Porém, há ainda uma outra vantagem em criar um excelente objetivo de Sprint.


Um excelente objetivo de Sprint ajuda seu time entender o porquê vocês estão começando essa nova Sprint. Esse contexto não só ajuda a posicionar melhor os membros do time para que eles façam melhores escolhas ao longo da Sprint, como também os guia no caso de precisar ajustar o plano durante a Sprint para reagir a acontecimentos inesperados.


Como Excelentes Objetivos de Sprint são Criados?

Criar ótimos objetivos de Sprint é mais fácil do que você pode imaginar. O melhor momento para criá-lo é no começo de cada sessão de planejamento de Sprint. Fazendo isso logo no início ajudará a determinar o contexto daquilo que a equipe irá atacar ao longo da próxima Sprint e melhor equipar o time para selecionar as stories que darão suporte a esse objetivo. Enquanto que o processo de criação do objetivo da Sprint é geralmente liderado pelo(a) Product Owner, idealmente o time inteiro deve ser envolvido nesse processo. Isso irá criar um entendimento compartilhado do objetivo que o time está tentando atingir, bem como a aceitação desse objetivo.


Quando estiver criando seu objetivo de Sprint, lembre-se de que os melhores objetivos são específicos o suficiente para não haver ambiguidades quanto ao entendimento se o time atingiu ou não o objetivo, porém não tão objetivo que dificulte a flexibilidade do time em adaptar o plano da Sprint na busca pela melhor forma de atingir tal objetivo.


Por exemplo, “Incrementar o número de opções de login social disponíveis para o usuário” é um excelente exemplo de um objetivo de Sprint, uma vez que define uma direção clara porém deixa espaço para o time decidir qual a melhor forma de atingir esse objetivo.


Como um outro exemplo, enquanto “Melhorar a manutenção de longo prazo do framework de relatório” é um excelente objetivo de Sprint, “Reduzir o débito técnico” não é. Isso porque, enquanto o primeiro dá ao time um objetivo claro e de alto nível para mirar, o segundo é vago e difícil de quantificar. Isso pode tornar difícil a decisão do time se o objetivo foi ou não atingido no final da Sprint.


Planejamento de Cima para Baixo

Então, da onde os objetivos da Sprint vêm, você pergunta?


Ao criar seu primeiro objetivo de Sprint, muitos times são tentados a apenas selecionar stories como sempre durante a sessão de planejamento de Sprint, e então simplesmente derivar um objetivo baseado em temas comuns que o time encontrou nessas stories.


Apesar de, em um primeiro momento, essa abordagem parecer melhor, ela geralmente gera objetivos de Sprint vagos que simplesmente descrevem o menor denominador comum encontrado em todas as stories selecionadas para aquela Sprint. Como resultado, pode ser difícil de quantificar se esses objetivos foram atingidos ao final da Sprint, ou se atingir esses objetivos irão de fato gerar algum valor para a empresa ou para o release.


Os melhores objetivos de Sprint são geralmente derivados dos seus objetivos centrais de release. Especificamente, se você definiu um objetivo de alto nível para a release, você pode começar a decompô-lo em pedaços que cabem nas Sprints, dos quais cada pedaço será o ponto de partida para o objetivo da Sprint. Não se preocupe se você não tem certeza de como decompor seu objetivo de alto nível em objetivos menores, pois essa é uma excelente oportunidade para envolver seu time técnico logo no início para que eles possam te ajudar a entender quão grande cada pedaço de trabalho será. Isso não apenas irá aumentar a probabilidade dos pedaços iniciais de trabalho se encaixarem melhor, mas o envolvimento precoce do time também irá ajudar a criar um entendimento compartilhado sobre quais são os objetivos da release como um todo.


Visão Geral

Criar objetivos de Sprint claros ajuda seu time a entender como o trabalho que estão fazendo em cada Sprint é parte de algo maior. Ajudando seu time a ter a visão geral não irá apenas prepará-lo para tomar decisões técnicas mais bem informadas durante a Sprint, mas também os dará insights valiosos sobre a visão global do produto, além de como o trabalho que estão fazendo hoje contribui para essa visão.


Curioso(a) para tentar isso? Convide seu time para colaborar com você durante sua próxima reunião de planejamento de Sprint para determinarem um objetivo que irá mover o time para mais próximo do sucesso. Então, ao final dessa Sprint, nos conte como foi! Amarei ouvir como isso funcionou para você e seu time!

Artigo original: https://www.jeremyjarrell.com/creating-great-sprint-goals/