Product Owners e Product Managers trabalhando junto é loucura e ineficiente

Autor: Maarten Dalmijn | Traduzido por Marcelo Knaka

Se você quer ter um Fantoche de Produto, então não use Scrum.


Incontáveis artigos tem escrito sobre o tópic "Product Manager vs Product Owner". Este não será mais um deles. Entretanto, quando Product Managers e Product Owners se juntam em papéis distintos, a resposta apropriada a se pensar é: "Que P#R$@ é essa?"


É como alguém dizer que gostaria de ser lutador de sumô e bailarina(o) profissional ao mesmo tempo. É algo incompatível que deveria deixar você sem palavras pensando mas que estupidez eles estão tentando fazer.


Foto por Asahi Shimbun (Domínio Público)


Introduzir um Product Manager quando você já tem um Product Owner é tipo dizer para um Quarterback que ele não pode mais lançar a bola. É instruir um mestre barista a parar de fazer espresso e focar apenas na espuma do leite de agora em diante. É dizer a um desenvolvedor que não é mais permitido escrever código e que ele só pode fazer revisão de código de outros. Eu preciso continuar?


Tudo isso soa absurdo e maluco para você? Ótimo! Isso significa que você está entendendo a mensagem. Isto é exatamente quanto insano e ultrajante é ter Product Managers e Product Owners trabalhando junto.


Product Owners são Product Managers

O Product Owner é um Product Manager. Trabalhando com Product Managers e Product Owners é tipo dizer que você precisa de monóxido de Di-hidrogênio enquanto segura uma garrafa de água nas mãos.

O "Owner" no nome é para indicar o alto nível de autoridade e autonomia. O Product Owner está ali para ser "dono" do produto, não para ser um lacaio que segue ordens à mercê de outra pessoal, tipo o Product Manager.

Adicionar um Product Manager a mistura dilui o papel do Product Owner para algo como um Fantoche do Produto. Ter um fantoche é excelente se você quer entreter crianças, mas não é assim tão bom se você quer entregar valor usando Scrum.


Imagem por Fernando Latorre


Quando você tem Product Manager e Product Owner, você sinaliza que não entende de Scrum e Gestão de Produto. Você está fazendo algo pela metade que você deveria fazer por completo ou não fazer de forma alguma.


Você precisa escolher. Product Managers e Product Owners são incompatíveis no framework de Scrum. Quando você usa Scrum, você ou tem um Product Owner que é um expert em Gestão de Produtos, ou você não usa Scrum. Não vai valer a pena.


A necessidade de introduzir um Product Manager significa que você está usando Scrum da forma errada. Você deveria resolver a causa raiz, e não tentar apagar o fogo dosando gasolina. Você apenas está tornando as coisas piores.


Assim como um lutador de sumô, o/a Product Owner requer alguém de peso. Usando Scrum e enfraquecer o/a Product Owner é como tentar lutar sumô quando você é muito magro para sequer ter uma chance de lutar.


Neste caso, você deveria decidir por não usar Scrum e tentar alguns pliés ou pirouettes.

Faça algo que talvez funcione para você ao invés de se auto-sabotar do princípio.


Se faça a seguinte pergunta: "Você gostaria de passar a melhor informação para aqueles que têm autoridade, ou autoridade para aqueles com as melhores informações?".


No fim, esta discussão é sobre domínio, propriedade, posse. Nós deveríamos permitir que as pessoas saibam e tenham a maior parte da informação em tomar as decisões certas.


Você deseja dividir de forma vertical ou horizontal a função de Product Owner? Como sabemos, dividir horizontalmente suas responsabilidades leva a dependências, frustrações, retrabalho e problemas. O mesmo se aplica quando dividido horizontalmente suas responsabilidades adicionando um Product Manager à briga. O rótulo de "Owner" está ali especificamente para indicar que é uma má ideia.

Entretanto, se você tem problemas escalando o papel de Product Owner, veja como LeSS (Large scale scrum) propõem escalar a responsabilidade. LeSS tenta manter a propriedade, responsabilidade, intacta.


Com LeSS, a responsabilidade de Product Owners individuais é reduzida, mas sem criar a bizarra relação simbiótica de co-responsabilidade que nunca funciona na prática. LeSS também respeita o core do papel de um Product Owner, responsável pela entrega de valor do início ao fim, permitindo você a se beneficiar do Scrum como um framework para entrega de valor.


Este é para todos os Product Managers e Product Owners tentando entender como tornar este casamento forçado e ridículo algo produtivo. Eu sinto muito por vocês, já que deve ser frustrante tentar encaixar um bloco quadrado em um buraco redondo.


Eu espero que seus líderes acordem um dia e percebam quão estúpidas eles estão sendo.


Artigo Original: https://bit.ly/3yqDh5y